Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/deputado123/public_html/wp-includes/post-template.php on line 284
quinta-feira, 21 janeiro, 2016

Cartão Gratuidade do metrô já pode ser solicitado

O cartão gratuidade do metrô para pessoas com deficiência já pode ser solicitado no Posto de Atendimento na estação da Lapa. Os beneficiários devem agendar uma visita ao Posto de Atendimento na estação da Lapa, por meio do telefone (71) 3432-7735.
Apesar de a gratuidade aportar idosos acima de 60 anos, crianças até cinco anos, oficiais de justiça federais, fiscais do trabalho e pessoas com deficiência (comprovadamente carente e previamente cadastrada pela Secretaria Estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos), somente as últimas precisam solicitar o cartão.
Apenas até o dia 28 de junho, pessoas com deficiência terão acesso gratuito mesmo sem o cartão. É preciso apresentar o documento emitido pela Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef) ou da Unidade de Gratuidade de Pessoas com Necessidades Especiais (UGPD).
Após um ano e seis meses de operação assistida, o metrô começou a ser cobrado em janeiro, com tarifa de R$ 3,30, que dá direito à integração com linhas de ônibus urbanas e metropolitanas.
Acompanhantes
Para as pessoas com deficiência que precisam de acompanhante, o Cartão Gratuidade será identificado como “com Acompanhante” e apresentará, no verso, a identificação de até três pessoas previstas como tais, que também devem se cadastrar junto ao metrô.
Para a liberação do acompanhante, basta apresentar documento com foto ao agente da estação.
Especificidades
A CCR Metrô lembrou que o Cartão Gratuidade tem especificidades, como a validade de 12 meses. Com ele, não é permitido o uso seguido no metrô dentro do intervalo de 15 minutos. Além disso, o acesso às estações deve ser feita, exclusivamente, nas catraca sinalizada com ícones de acessibilidade.
Segundo a empresa que administra o metrô, o cartão é pessoal e intransferível, com punição, prevista por lei, a quem tentar burlar o benefício. Fonte: Jornal A Tarde

Publique o seu comentário

Contato

Palacio Dep. Luis Eduardo Magalhães 1a avenida, Prédio Anexo, gab. 202, Wilson Lins - CEP: 41.745-001 CAB, Salvador/BA.

(71) 3115-7281

alexlima@alba.ba.gov.br